A evolução da tecnologia na guerra

O século XX foi o mais movimentado no quesito desenvolvimento da ciência e da tecnologia. Períodos em que o homem está em guerra fazem o desenvolvimento ser maior e mais perceptível ( no caso do século XX, as mais significativas foram a Segunda Guerra Mundial e a Guerra Fria – guerra está que não teve combate, apenas uma disputa entre ideologias(capitalismo e comunismo). Ainda que economias inicialmente sejam impulsionadas pelo setor bélico, outros setores, como a biologia, física, química, medicina também avançam e permitem bem estar à sociedade, ainda que à custa de milhares de vidas e destruição de cidades, como foi o caso dos judeus durante o Holocausto e o bombardeio de Londres, entre outros fatos que marcaram o desenrolar da Segunda Guerra Mundial.

Algumas dúvidas surgem em relação ao por que desse avanço tecnológico e científico ter ocorrido em sua maioria na Europa. A URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) consagrou a ideia de que a ciência é uma atividade produtiva, isso justifica a movimentação do governo soviético para tirar a ciência do isolamento acadêmico e colocá-la a serviço do desenvolvimento econômico e social. Essa preocupação por parte dos russos e posteriormente por parte de ingleses – que durante a Segunda Guerra decifraram os códigos criptografados dos alemães, criaram o radar e mais tarde se juntaram aos americanos no Projeto Manhattan para a construção da bomba atômica – era uma preocupação, uma maneira de fazer da ciência uma atividade engajada para dar fim ao avanço nazista. Essa necessidade era vista de forma similar pela Alemanha nazista, que diziam que a ciência deveria estar ligada diretamente aos interesses da nação, no caso, principalmente às atividades militares, anti-semitismo (envolvendo experiências com judeus) e etc.

Tudo que é descoberto, inventado ou aprimorado, de alguma forma afeta o modo de vida da sociedade. Feenberg com sua frase “Em suma, as diferenças do modo como os grupos sociais interpretam e usam objetos técnicos não são meramente extrínsecas, mas produzem uma diferença na própria natureza destes objetos. O que o objeto é para os grupos é que, em última instância, vai decidir seu destino e também vai determinar aquilo em que se tornará quando for redesenhado e melhorado, com o passar do tempo”, mostra que tecnologias desenvolvidas durante e após guerras podem ou não ser utilizadas em nosso dia-a-dia, ou seja, se de grande utilidade, os tais objetos descritos por Feenberg tendem a ser disseminados e incorporados em nossas vidas, sejam eles apenas para o bem estar social, sejam para melhorias em outros setores, como comunicação, pesquisas acadêmicas e etc.

Exemplos do que foi o século XX em termos de descobertas, invenções e avanços tecnológicos no campo militar, para os diversos setores citados anteriormente temos:

QUÍMICA

Descobertas como teflon, processo Haber-Bosch de síntese de amônia (apesar de ter permitido avanços na agricultura, teve como conseqüência usos na indústria militar como explosivos – por exemplo – devido a quantidade de nitrogênio presente nos fertilizantes utilizados), uso de plásticos em larga escala, entre outros, que deram origem a diversas áreas como polímeros, ambiental, assim como aprimoramento nas áreas de análise instrumental, inorgânica, orgânica (possibilitando diversas aplicações para o petróleo, uso do etanol como combustível).

FÍSICA

Teoria da Relatividade de Einstein, Princípio da Incerteza de Heisenberg, sem falarmos da energia nuclear, dois outros exemplos ocorridos no pós-guerra ilustram esta afirmação. Um deles foi a invenção do transistor que, ao lado de gerar todo um novo ramo da física, a física do estado sólido, ocasionou o surgimento da indústria de semicondutores e microeletrônica, um dos setores mais dinâmicos e dinamizadores da economia mundial. Outro caso foi a invenção do laser, que trouxe o ressurgimento da área de óptica física e geométrica ao mesmo tempo em que criou uma nova área da física, a eletrônica quântica. O laser possibilitou uma série de criações industriais, das comunicações ópticas à medicina e saúde, gerando um grande setor empresarial ligado à optoeletrônica e à fotônica. [1]

MEDICINA E BIOLOGIA

Áreas como a imunologia, virologia, engenharia genética, cardiologia, endocrinologia, medicina nuclear etc., descoberta da penicilina, transplante de órgãos, quimioterapia e radioterapia, uso de marcapassos, entre outras descobertas e aperfeiçoamentos, permitiram que diversas doenças fossem evitadas e até mesmo erradicadas e outras descobertas e posteriormente tratadas, de forma a melhorar o bem estar do homem. Esses avanços na medicina e na biologia permitiram o uso de vírus, bactérias, para dar origem às chamadas guerras biológicas, que são tão temidas devido a constante mutação de vírus no ambiente.

AVANÇOS MILITARES

Os avanços militares mais significativos durante a Segunda Guerra e a Guerra Fria foram:

– Mísseis V2 que deram origem aos mísseis balísticos intercontinentais como o MX, Atlas e Titan (todos americanos);

– Radares dão origem ao micro-ondas, de forma inusitada, quando um cientista sente sua barra de chocolate derreter no bolso de sua calça;

– Criação e aprimoramento dos tanques de guerra;

– Criação de minas terrestres, diversos explosivos e armas químicas;

– Lançamento de foguetes;

– Ida do homem à Lua;

– Reconhecimento de outros planetas utilizando sondas e satélites em órbita;

– Aviões aprimorados, de simples planadores alemães pós Primeira Guerra a aviões a jato;

– Criptografia – que apesar de ser uma arte antiga – antes era usada em máquinas enigma durante a Segunda Guerra, hoje está sendo utilizada em computadores, celulares etc.

COMUNICAÇÃO

Dos meios de comunicação mais importantes podemos destacar o Rádio, o cinema e a imprensa uma rápida evolução que apesar de não terem sido criados no século XX, a sua maior evolução verificou-se, na primeira metade deste século, principalmente após a primeira guerra mundial. Mais tarde na segunda metade deste século surge a televisão e décadas depois a Internet.[3]

O computador teve origens na Alemanha com Konrad Zuse, porém o governo alemão não considerou como esforço de guerra, algo que ajudasse na vitória alemã, dando a oportunidade para os EUA criarem o ENIAC (Eletronic Numeric Integrator And Calculator). Posteriormente é utilizado pela sociedade, mas passa por diversas reestruturações devido à evolução na capacidade de armazenamento de informações, tais como visto atualmente com HD’s de armazenamento em TB (tera bytes), mas também pela necessidade de obter-se um computador que ocupe pouco espaço, tendência essa passada para celulares, ou de forma indireta para outras tecnologias, como a televisão, que hoje é mais fina.

Já a internet tal qual temos hoje, foi resultado de objetivos militares, seria uma das formas das forças armadas norte-americanas de manter as comunicações em caso de ataques inimigos que destruíssem os meios convencionais de telecomunicações (citados anteriormente). Nas décadas de 1970 e 1980, além de ser utilizada para fins militares, a Internet também foi um importante meio de comunicação acadêmico. Estudantes e professores universitários, principalmente dos EUA, trocavam idéias, mensagens e descobertas pelas linhas da rede mundial.

Foi através dessas mudanças na ciência e na tecnologia que a sociedade tal qual é apresentada hoje, permite que tenhamos tanto desenvolvimento e bem estar, mas também não podemos levar a guerra como algo essencial para o desenvolvimento do homem, pois, atualmente não é possível prever até que ponto a área militar está desenvolvida, de modo que, um novo conflito em pleno século XXI pode ter o desfecho dado por Einstein em uma de suas célebres frases: “Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus”.

Referencias

[1]http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?pid=S0009-67252005000300021&script=sci_arttext
[2]http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:1xvpEe5zRxYJ:katalivros.com/downloads/Hist%C3%B3ria%2520da%2520Medicina%2520no%2520S%C3%A9culo%2520XX.doc+avan%C3%A7os+medicina+s%C3%A9culo+XX&cd=4&hl=en&ct=clnk&gl=br

[3] http://imediaj.net/2008/04/16/a-evolucao-dos-meios-de-comunicacao-na-sociedade-de-massas/


As imagens foram retiradas dos seguintes sites respectivamente:

http://www.makingthemodernworld.org.uk/icons_of_invention/technology/1939-1968/IC.001/

http://www.globalsecurity.org/military/systems/ship/systems/an-sps-73.htm
http://www.mujer.name/los-fundamentos-de-la-coccion-por/
http://www.spaguru.net/HiTech.htm
http://educacaoeaprendizagem.com.br/blogs/pamellabezerralins/computador/

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s